31 99157 9160 | 99157 2999

Sobre Nós

O Canastra Real foi criado em 1985 com o objetivo de pesquisar e estudar a arte dramática, nos mais diversos gêneros e formatos, criando espetáculos teatrais e obras audiovisuais voltados tanto para o público adulto quanto para o público infantojuvenil. A história do grupo se confunde com a história de seu criador e fundador, o ator e diretor Ricardo Batista (ou Cadinho, como é conhecido no meio teatral) e nestes mais de 30 anos de trajetória, acumula em seu currículo muitas peças de sucesso, além de trabalhos audiovisuais de grande qualidade.

Com mais de 40 anos de carreira, Cadinho foi responsável pela produção e manutenção de dezenas de espetáculos, tais como o musical “Os irmãos Piriá”, “No Cais do Corpo”, o sucesso “Um Casal Aberto” (11 anos em cartaz), o premiado “Coisa de Doido” (14 anos em cartaz), o polêmico “Chico Ruim e Zé Cruel” (11 anos em cartaz), a comédia policial “Defunto Bom é Defunto Morto” (12 anos em cartaz) e a tragicomédia “A Tocaia”, além dos filmes “Tibum – Assombração”, “Tibum – Homem pra xuxu”, “Tibum – O crone” e “O Primeiro Dia Útil do Próximo Ano”.

Em 2005, a atriz, produtora cultural, publicitária e jornalista Fernanda Botelho se associa ao Canastra Real, marcando uma nova fase para o grupo, ampliando a produção de espetáculos para o público infantil com a montagem de “Pipoca e Batatinha em: Quando um não quer, dois não brigam!”, que recebeu 08 indicações aos Prêmios Usiminas/Sinparc 2007 e Sesc/Sated 2008. Em 2011, o grupo monta uma nova aventura destes personagens, “Pipoca e Batatinha em: Tá nervoso? Vai pescar!”, que leva os prêmios de Melhor Texto Inédito e Melhor Cenário no 9° Prêmio Usiminas/Sinparc, além das indicações a melhor atriz, ator e trilha sonora.

O Canastra Real tem como característica produzir espetáculos integralmente originais, pesquisando e criando todos os elementos que os compõem (desde o texto teatral à trilha sonora), desenvolvendo suas próprias ideias, entre seus integrantes ou em conjunto com autores mineiros, a partir de temas da atualidade, com uma linguagem cênica que proporcione ao público um produto cultural com o qual possa se identificar e refletir sobre questões da vida e da sociedade contemporânea.

Sócios

Ricardo Ferreira Batista

Formado em Comunicação Social, especializado em Jornalismo, pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Belo Horizonte, FAFI-BH, em 1976, trabalhou por 13 anos com fotografia e vídeo para jornalismo e publicidade, principalmente na confecção de vídeos para órgãos públicos e grandes empresas, como Copasa, Prodenge e Andrade Gutierrez. Durante 04 anos foi professor do curso de Comunicação da FAFI-BH para as matérias de “Técnicas de Relações Públicas em Publicidade”, “Técnicas Audiovisuais”, “Prática de Cinema” e “Prática de Fotografia” e Supervisor do TECOM, Centro de Tecnologia dos Meios de Comunicação até 1982.

Em 1969, iniciou sua carreira no Teatro, como ator, tendo participado de várias peças teatrais, vídeos culturais, comerciais para TV e filmes. Em 1983, iniciou sua carreira de Produtor Cultural, tendo produzido dezenas de peças de Teatro, Shows musicais, Vídeos institucionais, comerciais e culturais e integrando a diretoria do SINPARC, Sindicato dos Produtores de Artes Cênicas de Minas Gerais, desde 1999.

Autor, diretor, produtor, cenógrafo, iluminador e ator de diversos espetáculos, novelas, mini séries de TV, vídeos comerciais e artísticos, filmes de curta e longa metragem, já foi indicado a vários prêmios teatrais, em diversas categorias, saindo vencedor em alguns deles como ator, iluminador, cenógrafo e autor.

+ Veja o currículo completo

Fernanda Lima Botelho

Atriz, produtora cultural, publicitária e jornalista. Em 16 anos de carreira nos palcos, já acumula 21 peças teatrais em seu currículo, dentre as quais destacam-se as infantis “Pipoca & Batatinha em: Tá nervoso? Vai pescar!”, “Pipoca & Batatinha em: Quando um não quer, dois não brigam!” e “A Comédia das Fadas Feias”, que lhe renderam três indicações ao Prêmio Usiminas/Sinparc de melhor atriz de teatro infantil e as adultas “Lisbela e o Prisioneiro” e “A Tocaia”, montagens da Canastra Real Produções Culturais, na qual é sócia do renomado ator e diretor Ricardo Batista desde 2005. Desde maio de 2014, é integrante da Diretoria do SINPARC-MG, Sindicato dos Produtores de Artes Cênicas de Minas Gerais.

Já atuou em mais de 80 comerciais e vídeos institucionais. No cinema, atuou no média metragem “O primeiro dia útil do próximo ano”, produção da Canastra Real e em curtas metragem, com destaque para o filme “Semeador Urbano”, do diretor Cardes Amâncio, eleito o melhor curta metragem do III Festival Americano de Cinema Ambiental e Social de Iraquara (Fasai), na Chapada Diamantina (BA), pelo juri internacional e selecionado em vários festivais, dentro e fora do Brasil, como o 6TH Cortocircuito Latino Short Film Festival of New York.

+ Veja o currículo completo